quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Veredicto o novo herói de Edu Manzano.

por


Com alegria compartilho com vocês o nascimento do Blog de meu mais novo personagem, o Veredicto!
Lá você poderá conferir sua origem e conhecer um pouco da história do personagem, que com certeza tem muito mais a mostrar em suas hqs que estão sendo produzidas no momento, este é apenas o canal para que o mundo já saiba de sua existência.
Não acredito em Fronteiras, portanto não acredito nem nunca acreditei que este tipo de quadrinhos não pudesse ser feito no Brasil e nem que para fazê-lo, nescessariamente se tenha que colocar Cangaceiros, Índios do Xingu, etc... naõ que não se possa explorar o tema mas não é isto.
O Brasil é um país miscigenado, somos influenciados por todos os povos e línguas então não há barreiras para nossa arte, nossas formas de expressão.
O ponto é que hoje nossas hqs são tão boas quanto as feitas em todos os estilos em diversas nações, tanto em termos de roteiros, quanto em termos de nossa arte já internacionalmente consagrada. Quem não enxerga isso caí num preconceito bobo de achar que só existe um jeito de se fazer quadrinhos, quando os mesmo são a mais completa forma de arte.

O Brasil é cenário de um vasto campo de autores talentosos e muitos deles publicando de forma digital ou ainda no circuito alternativo, onde vários super seres desfilas e surgem muitas hqs inteligentes e interessantes de se ler, e o melhor a possibilidade de se produzir crossovers entre estes personagens e ver seu herói desenhado por outros talentosos artistas, o que é pura diversão!

Veredicto é o trabalho com o qual pretendo misturar dois gêneros que adoro, Os Super Heróis e o Terror, o que acredito trará às suas histórias um camo vasto de possibilidades, assim acredito o personagem poderá desfilar entre estes estilos experimentando o que ele tem de melhor.

Vamos em frente! Conheça o Blog clicando AQUI!

Um comentário:

  1. Ei, boa tarde, mano Ed, se possível, eu quero muito que você inclua em seu site minha criação, o "Capitão Honorável®", por favor, será que existe como você fazê-lo?

    Bom, abraços e até mais então, prezado, a gente se esbarra por aqui ainda!

    ResponderExcluir